sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Conselho de camarada: não ouvir esta canção no meio de uma trepadinha gostosa.


Fica aqui para os francófonos uma ajudinha para a compreensão da letra em todo o seu esplendor. Soa a condescendência masculina, mas Brassens na pele de uma mulher é, admito, incisivo. 

Sem comentários:

Publicar um comentário